Raid Hut fala sobre retorno de WYD ao Brasil

WYD, famoso MMORPG que chegou ao Brasil praticamente nos primórdios da internet no nosso país, acaba de retornar pelas mãos da equipe Raid Hut. O site O Vício teve a oportunidade de conversar com Adônis Costa, gerente de Marketing da empresa, e você pode conferir a entrevista abaixo:

Faz muito tempo que WYD foi publicado no Brasil pela primeira vez. Depois de tantos anos, podemos esperar alguma novidade para o futuro ou teremos uma experiência totalmente focada na nostalgia?

Após a aquisição da nova licença global do WYD pela Raid Hut, estamos trabalhando intensamente com a desenvolvedora do jogo, a JoyImpact, para trazer novidades nunca antes vistas no WYD, como a 12º skill, montarias, mapas, itens e, até mesmo, uma classe inédita. Ainda não podemos dar mais detalhes por enquanto, mas podemos afirmar que temos um calendário robusto de atualizações que farão com que os nossos jogadores se divirtam por muitos anos.

Quais os planos para que o jogo fique em evidência durante uma época em que outros gêneros estão em alta?Apesar desta enxurrada de novos gêneros, os MMORPGs clássicos mantém um público muito fiel, porque além de contar como uma jogabilidade única, esses usuários passaram a adolescência se divertindo na Lan House da vizinhança e, durante esse período, fizeram grandes amigos e formaram lembranças inesquecíveis. Pretendemos trazer essa nostalgia, enquanto enaltecemos a marca WYD com futuros torneios internacionais e, até mesmo, guerras massivas entre servidores. Provavelmente teremos mais novidades no início de 2020.

Podemos esperar eventos e recompensas exclusivas para o mercado brasileiro?

Com certeza! A Raid Hut já trabalha há mais de 4 anos publicando WYD no mercado brasileiro com os servidores Origem e Asgard, isso faz com que tenhamos certa liberdade de criar nossas próprias atualizações exclusivas para os fãs brasileiros, que, inclusive, são um dos nossos maiores públicos. Com o servidor Global, passamos a participar ativamente do processo de criação com a desenvolvedora, o que dentre outras atividades, envolve criar novos sistemas ou importar mecânicas já consolidadas pelos fãs do game.

A Raid Hut pretende trabalhar junto dos criadores de conteúdo para fortalecer a comunidade? De que maneira?

A Raid Hut já tem bom alcance orgânico com os conteúdos criados por terceiros para o nosso nicho de jogadores, entretanto temos planos ambiciosos de amadurecer programas de incentivos para criadores de conteúdo, além de criar campeonatos nacionais e internacionais de WYD a fim de reviver os anos de ouro do game, nos quais equipes representavam os seus países em guerras frenéticas de guildas.

Atualmente estamos efetuando alguns testes com um programa de incentivo de criadores de conteúdos do WYD. A iniciativa busca recrutar emissários para compartilharem suas jornadas no WYD em troca grandes recompensas e os interessados podem entrar em contato diretamente com a nossa equipe através da nossa página do Facebook.

Em 2020 o jogo completará 15 anos desde seu lançamento no Brasil. Teremos alguma comemoração especial in-game e fora dele?

Para comemorar esta grande data teremos um evento épico nunca antes vistos pelos jogadores de WYD. Tentaremos com ele promover um encontro com todas as comunidades de WYD do mundo em um só lugar e esperamos que o continente do jogo, Kersef, fique pequeno com tanta gente. Será um grande evento de celebração, com mecânicas exclusivas e muitas recompensas! Já fora do jogo, ainda não temos planos definidos, mas estamos sempre discutindo internamente e ouvindo atenciosamente as sugestões criativas dos nossos jogadores.

No Brasil, estima-se que cerca de 700 mil jogadores já conheceram/jogaram o game. Desde o lançamento do novo servidor, os resultados têm surpreendido ou estão dentro das expectativas?

No lançamento do servidor Global conseguimos números expressivos e uma base de usuários crescente e hoje estamos lidando com uma comunidade apaixonada. No entanto, sabemos que temos muito chão pela frente, e as nossas campanhas de divulgação estão focadas em jogadores que já jogaram WYD alguma vez, que têm uma história com o jogo. Este é o nosso público-alvo. Nós precisamos alcançar essas pessoas.

Vocês pretendem trazer mais jogos clássicos para o país? Qual a visão de futuro da Raid Hut?

Com certeza! Estamos conversando com desenvolvedoras de outros jogos que fizeram e ainda fazem muito sucesso no Brasil. O nosso plano é explorar nichos ainda não alcançados por nós e esses títulos clássicos oferecem grandes oportunidades para o mercado brasileiro. Esperamos ter novidades em breve.

Existe a possibilidade de investir em IPs de MMO brasileiras?

Sempre existe essa oportunidade! Se o título tiver uma boa tração de mercado e público consumidor apaixonado, é possível considerarmos com toda certeza.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui