Alunos e professores da rede estadual realizam protesto em Paripueira

Protesto mobilizou estudantes e trabalhadores da educa?ão

Mesmo com manifestações do Ministério Público de Alagoas na Justiça, para que o governo Renan Filho (MDB) solucione o problema com a falta de transporte escolar na rede estadual em diversos municípios do Estado, alunos e professores da Escola Julieta Ramos Pereira, em Paripueira, realizaram protesto na noite dessa sexta-feira (25) contra a retirada do transporte de professores e funcionários da instituição.

De acordo com o coordenador pedagógico André Gustavo Ribeiro, a escola passa por uma crise institucional devido ao corte do transporte para os profissionais da educação. Ainda segundo ele, 70% dos professores moram em Maceió e dependem do funcionamento do serviço, cancelado pela Secretaria de Estado da Educação, pasta comandada pelo vice-governador e secretário Luciano Barbosa.

“Estamos com dificuldades financeiras e logísticas para manter a escola funcionando. Só estamos com as portas abertas, porque os funcionários do período noturno assumiram a responsabilidade de colocar seus carros particulares à disposição dos colegas. Essa mobilização devemos ao compromisso de educadores, que têm identificação muito forte com a escola e a esperança do retorno dos serviços de transporte na Educação”, assegurou o educador.

Após saírem em caminhada da escola, estudantes e profissionais da educação seguiram com a manifestação até a comunidade de  Sauacuhy, onde promoveram debate público e diversas manifestações com faixas e cartazes, para chamar a atenção do governo sobre a questão. O protesto, realizado de forma pacífica, foi acompanhado pela Polícia Militar de Alagoas e contou ainda com representantes do Sindicato dos Trabalhadores na Educação do Estado de Alagoas (Sinteal).

Os problemas com o transporte escolar na rede estadual já resultaram em protestos recentes em cidades como Arapiraca, Maceió, Palmeira dos Índios e Traipu. Até agora a pasta da Educação permanece sem responder aos questionamento sobre os problemas.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui