Cuca divide a responsabilidade por desempenho do Corinthians e quer retomar a confiança com vitória – Meu Timão

Por conta da expulsão de Fábio Carille no Campeonato Brasileiro, o auxiliar Leandro Silva, o Cuca, assumiu a equipe do Corinthians no empate por 0 a 0 contra o Santos, neste sábado. Vendo a equipe alvinegra manter a sequência sem vitórias, o substituto falou sobre o desempenho do time neste sábado e falou sobre o futebol brasileiro em geral.

Na sexta partida consecutiva sem vitória dentro do Brasileirão, o Corinthians segue enfrentando problemas para ser efetivo no campo de ataque. O auxiliar dividiu a responsabilidade pelo desempenho entre jogadores e comissão técnica e vê espaço para que o time melhore na competição nacional.

“Eu acredito que é 50% da comissão e 50% do atleta. Todos tem a sua responsabilidade e o seu dever de buscar uma melhora. Fazemos isso diariamente, queremos sempre que o atleta evolua para que a equipe como um todo também cresça. Isso não é visível, mas a gente espera que consiga buscar melhores resultados do que vem acontecendo agora”, explicou Cuca em entrevista coletiva.

Leia também: Auxiliar de Carille vê justiça em empate no clássico e comenta semana livre de trabalho

Com dez rodadas restantes no Campeonato Brasileiro, Leandro Silva afirma que o problema atual do Corinthians está na confiança. Sem conseguir os resultados esperados, a equipe não consegue jogar da maneira ideal e precisa de um bom jogo para que isso volte a acontecer.

“É continuar buscando um desempenho melhor, continuar trabalhando para que o resultado venha. A partir do momento que vem o resultado, a confiança retoma e aí tem tudo para conseguirmos terminar bem o campeonato”, acrescentou.

Por fim, o auxiliar comentou à respeito do cenário geral do Campeonato Brasileiro. Questionado sobre um baixo nível da maioria dos times, Cuca disse que existe um processo em andamento e a tendência é de que as coisas melhorem daqui para frente.

“O futebol mudou, ele passa por um processo de mudança, temos times muito competitivos. É claro que tem o processo também de que quando o atleta surge, é vendido muito cedo. Os clubes não tem a condição de segurar. Eu acho que o futebol brasileiro vem em uma crescente, em termos de organização, de estudo, de análises. Eu acho que o futebol está em um processo e daqui a pouco vamos colher frutos”

Com Carille de volta ao banco de reservas, o Corinthians volta a entrar em campo já nesta quarta-feira. A equipe alvinegra visita o CSA, em Alagoas, e irá atrás de evitar a sétima partida consecutiva sem vitória no Campeonato Brasileiro.

Veja mais em:

Fábio Carille, Campeonato Brasileiro e Corinthians x Santos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui