TJ-BA condena Google a retirar escudo adulterado do Vitória

O Vitória finalizou a preparação, na manhã deste sábado (26), no CT Manoel Pontes Tanajura, para enfrentar a Ponte Preta. O técnico Geninho relacionou 20 jogadores para o confronto deste domingo (27), às 16h, no Moisés Lucarelli, em Campinas, e a novidade na lista foi o atacante Jordy Caicedo. O atleta se recuperou de uma pubalgia e foi liberado para viajar com o grupo. 

Quando perguntado sobre o seu time do coração, Gregore é taxativo: “Sou Bahia”. Identificado com o clube e muito querido pela torcida, o jogador de 25 anos, visto como um dos melhores volantes do Campeonato Brasileiro, tem um coração azul, vermelho e branco, mas que tem um tantinho de verde e amarelo. Vestir a camisa da Seleção Brasileira é um sonho para ele, que não escondeu o seu desejo em entrevista ao Bahia Notícias. “É um foco que tenho na minha carreira. Todo jogador quer chegar na seleção, mas quero viver o dia a dia. Eu quero ainda mais esse sonho. Se eu continuar evoluindo, vou conseguir”, declarou. Gregore não sonha sozinho. Em algumas entrevistas, o técnico Roger Machado já credenciou o marcador a uma convocação para a equipe nacional, citando que o jogador é um “ladrão de bolas”, “protetor da defesa”, “muito combativo” e que lidera as estatísticas de sua função. Com 61 desarmes em 19 partidas disputadas, Gregore é um dos pilares da atual fase do Bahia, que hoje briga por uma vaga na Copa Libertadores. Mas o bom momento não ilude o atleta, que crê que o time pode fazer ainda mais. “Hoje o nosso time toma poucos gols. Se a gente quer conquistar coisas grandes, tem que manter assim. Se a gente toma pouco gol, nosso ataque tem condição de fazer. No nosso grupo, quem está entrando, o nível segue o mesmo. É parabenizar o grupo, mas ainda temos muito o que fazer nesse ano”, indicou.

Hoje é comemorado em todo o mundo o Dia do Jipeiro. Não em função de um acontecimento marcante, mas apenas por conta da coincidência da data: 4 de abril, ou 4/4, em referência à tração nas quatro rodas. A homenagem já se tornou até lei em alguns estados brasileiros, a exemplo de São Paulo. Mas por qual razão o jipeiro, que não é santo ou profissão, merece ter um dia só para ele? O Boletim 4×4 vai tentar responder para você que tem curiosidade ou pretende ingressar nesse universo. 

Com o objetivo de combater a retirada ilegal de areia e o descarte irregular de lixo e entulho, a Prefeitura de Camaçari decidiu fechar o cerco para proteger as dunas de Jauá. A medida, no entanto, deixa em alerta também os adeptos do 4×4. O Boletim 4×4 explica como será a fiscalização e as medidas adotadas pelo município, que serão intensificadas a partir dessa semana. Entre essas medidas está o fechamento do acesso direto às dunas na Via Parque, após os condomínios particulares. “Nosso alvo são os caçambeiros que cometem crimes ambientais”, disse o subprefeito da Orla de Camaçari, Oswaldo Marcolino Filho.

Próximo de anunciar a Kappa como sua nova fornecedora esportiva, o Vitória vai lançar uma camisa oficial com um preço mais acessível. A ideia inicial é que a vestimenta custe R$ 100, segundo apuração da Coluna de Chapa, do Bahia Notícias.  Na negociação com a Kappa, Ricardo David, presidente do clube, pediu a inclusão da “linha popular”.

A Unirb (Faculdade Regional da Bahia) se filiou a Federação Bahiana de Futebol (FBF) e é a mais nova agremiação esportiva do estado. A Coluna De Chapa, do Bahia Notícias, apurou que a entidade pretende disputar a Série B do Campeonato Baiano já em 2019. Além disso, o clube irá montar categorias de divisões de base. A sede da equipe será em Mata de São João.

por Cláudia Cardozo / Glauber Guerra

O Tribunal de Justiça do Estado da Bahia (TJ-BA) condenou nesta terça-feira (22) o Google a retirar o escudo adulterado do Vitória dos sistemas de busca. A decisão foi da relatoria da Desembargadora Sandra Inês.

 

O distintivo falso conta com a inscrição “VICE” ao invés das letras ECV, que representam o Esporte Clube Vitória. O emblema foi criado por torcedores do arquirrival Bahia em 2013 (relembre aqui).

 

“Ganhamos a ação em primeiro grau e ganhamos também a ação judicial na segunda instância. O Google vai ter que adotar as medidas para que o escudo adulterado não apareça em buscas realizadas no site, preservando a marca Vitoria”, disse Dilson Júnior, diretor jurídico do Vitória, em entrevista ao Bahia Notícias.

 

 

Na semana que vem haverá julgamento do caso entre o Vitoria x SBT, no qual a emissora comandada por Silvio Santos foi condenada a pagar uma indenização de R$ 20 mil na primeira instância.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui