Ainda tem um iPhone 5? Atualize para continuar usando – Meio Bit

Já conhece a nova extensão do Meio Bit? Baixe Agora

O iPhone 5 recebeu um novo update, mas não como você imagina: a Apple está lembrando os donos do aparelho que eles devem atualizar o iOS para a versão 10.3.4, lançada em julho até às 21h do dia 2 de novembro, ou do contrário, perderão completamente o acesso à App Store, iCloud e demais serviços de web – mesmo navegação e e-mails.

Em resumo, o iGadget ancião virará um telefone celular comum.

Não é segredo para ninguém que a maçã costuma dar um longo suporte a seus dispositivos, em média 5 anos de atualizações garantidas para iPhones e iPads (contra a média de 2 anos do Android e olhe lá), por isso o anúncio de que o iPhone 5, um celular lançado em 2012 e que permaneceu no iOS 10 seria atualizado pareceu estranho, mas a correção do sistema faz parte de uma medida para permitir que o aparelho continue funcionando corretamente.

Segundo a Apple, aparelhos mais antigos possuem problemas de incompatibilidade quanto a novas funcionalidades de GPS; estes implicam diretamente em serviços e recursos que dependem da exibição correta da data e hora, a saber tudo o que usa conexão à internet. Caso o usuário falhe em atualizar o iPhone 5 até 00h00 UTC de 3 de novembro (21h00 do dia anterior no horário de Brasília), o gadget perderá completamente o acesso a web como um todo: navegadores, iCloud, e-mails, App Store e recursos web de apps.

Ao que tudo indica, o iPad de 4ª geração também é afetado pelo problema.

A Apple lembra os usuários de que caso o iOS não seja atualizado para a versão 10.3.4 antes do prazo, o usuário será obrigado a conectar o iPhone 5 fisicamente (via cabo Lightning) a um Mac ou computador Windows com o iTunes instalado, de modo a usar a opção Backup e Restauração e atualiza-lo através do computador. O motivo: as atualizações via OTA também deixarão de funcionar.

Considerando que o iPhone 5 tem 7 anos de idade, atualizá-lo agora mostra que diferente de certos fabricantes de dispositivos móveis, a Apple possui um mínimo de consideração por quem paga (muito) caro por seus produtos.

Com informações: Apple.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui