‘Não tenho dúvidas que vou vencer esse desafio’, diz Bruno Covas após ser diagnosticado com tumor digestivo – G1

O prefeito de São Paulo, Bruno Covas (PSDB), disse na manhã desta segunda (28) estar confiante que vai vencer os desafios relacionados à sua saúde após exames apontarem surgimento de tumor no trato digestivo. Covas foi internado na quarta-feira (23) para o tratamento de uma erisipela que evoluiu para uma trombose venosa em sua perna, tromboembolismo pulmonar no Hospital Sírio-Libanês, na Zona Sul de São Paulo. Não tenho dúvidas que vou vencer esse desafio. Quero agradecer as centenas de mensagens que tenho recebido de inúmeras pessoas. Ajuda muito a enfrentar a tempestade, disse Covas em sua rede social após publicar em seu perfil o boletim médico divulgado pelo hospital no domingo (27), quando foi diagnosticado o surgimento do tumor no trato digestivo.

Covas foi internado na quarta-feira (23) para tratar de uma erisipela, que é uma infecção na pele, e iniciou tratamento com antibióticos e anti-inflamatórios. Dois dias depois, o prefeito foi diagnosticado com quadro de trombose venosa das veias fibulares, que ficam na perna.

Prefeito de São Paulo, Bruno Covas (PSDB), tem diagnóstico de tumor no sistema digestivo

No sábado (26), novos exames diagnosticaram tromboembolismo pulmonar. Um pet scan mostrou o surgimento de uma tumoração no trato digestivo. O prefeito também foi submetido a uma laparoscopia diagnóstica. Covas está internado na UTI por precaução médica e não há previsão de alta.

Novas informações sobre o estado de saúde de Covas serão divulgadas após os resultados dos exames anatomopatológicos em uma entrevista coletiva nesta segunda-feira (28).

O prefeito Bruno Covas está sendo acompanhado pelas equipes médicas coordenadas pelo Prof. Dr. David Uip, pelo Prof. Dr. Roberto Kalil Filho, Dr. Tulio Eduardo Flesch Pfiffer, Dr. Artur Katz e Prof. Dr. Raul Cutait.

“O prefeito de São Paulo, Bruno Covas, deu entrada no Hospital Sírio-Libanês, no dia 23, para o tratamento de uma erisipela. No dia 25, foi diagnosticado trombose venosa das veias fibulares.

Exames subsequentes diagnosticaram tromboembolismo pulmonar.

No sábado, dia 26, foi realizado um pet scan em continuidade à investigação diagnóstica. Este exame mostrou o surgimento de uma tumoração no trato digestivo.

Por isso, hoje [domingo], às 20h, o prefeito será submetido a uma laparoscopia diagnóstica.

Os resultados dos exames anatomopatológicos demoram alguns dias.

O prefeito Bruno Covas está sendo acompanhado pelas equipes médicas coordenadas pelo prof. Dr. David Uip, pelo prof. Dr. Roberto Kalil Filho, Dr. Tulio Eduardo Flesch Pfiffer, Dr. Artur Katz e prof. Dr. Raul Cutait.”

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui