IBGE revisa PIB de 2017 para alta maior, de 1,3% – G1

novembro 8, 2019 0 Por jonatas

O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) revisou a alta do Produto Interno Bruto (PIB) de 2017, que chegou a R$ 6,583 trilhões. O aumento em relação a 2016 foi maior do que havia sido divulgado até então: de 1,3%, em vez de 1,1%. Já o PIB per capita registrou alta de 0,5% em relação ao ano anterior, chegando a R$ 31.833.

O PIB é a soma de todos os bens e serviços produzidos no país e serve para medir a evolução da economia.

Os dados oficiais do PIB brasileiro são sempre revisados 2 anos após o período de referência, a fim de apresentar um retrato mais detalhado e estruturado da situação econômica do país.

Evolução do PIB do Brasil

“Em 2017, o Produto Interno Bruto (PIB) voltou a crescer (1,3%), após a queda acumulada de 6,7% no biênio 2015-2016. Em valores correntes, o PIB em 2017 foi de R$ 6,583 trilhões, o que corresponde a um PIB per capita de R$ 31.833,50. O crescimento do PIB per capita foi de 0,5% levando seu patamar a ficar próximo, em termos reais, ao observado em 2010”, informou o IBGE.

Em 2018, o PIB cresceu 1,1% na comparação com 2017, segundo o IBGE. Para 2019, a previsão atual do mercado é de uma alta de 0,92%.

Dos 3 grandes setores econômicos, 2 registraram crescimento em 2017: a agropecuária cresceu 14,2%, e os serviços cresceram 0,8%. Já a indústria caiu 0,5%, afetada principalmente pelo tombo de 9,2% da atividade de construção.

Do lado da demanda, o consumo das famílias cresceu 2,1%, após dois anos consecutivos de queda. Já a despesa de consumo final do governo caiu 0,7%.

Os investimentos, medidos pela Formação Bruta de Capital Fixo (FBCF) caíram 2,6% em 017. Com isso, a taxa de investimento em percentual do PIB (14,6%) chegou ao seu menor nível desde 1995.