Ibovespa cai e reverte alta da semana após Lula deixar a prisão – R7

novembro 8, 2019 0 Por jonatas

O Ibovespa fechou em forte queda nesta sexta-feira (8), com investidores preferindo realizar lucros após decisão da Justiça de libertar o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

Índice de referência do mercado acionário brasileiro, o Ibovespa caiu 1,78%, a 107.628,98 pontos, ampliando as perdas no final da sessão. O giro financeiro somou R$ 20,2 bilhões.

Com a queda, o Ibovespa reverteu o ganho acumulado da semana e terminou em baixa de 0,52%.

A Justiça Federal do Paraná colocou Lula em liberdade após a decisão do STF (Supremo Tribunal Federal) da véspera de impedir prisão para um condenado em segunda instância.

O analista Régis Chinchila, da Terra Investimentos, destacou que a decisão do STF trouxe insegurança jurídica e potencial instabilidade política futura, que, segundo ele, são dois assuntos que preocupam os investidores.

Para a equipe do BTG Pactual, a volatilidade ainda não acabou e os mercados podem passar por uma realização de lucros no curto prazo.

Destaques

CVC BRASIL ON desabou 14,15%, após a operadora de turismo reportar o que o analista do Bradesco BBI classificou como “outro trimestre desafiador” para o período de julho a setembro. A companhia também afirmou que espera efeito de R$ 30 milhões a R$ 40 milhões de custos adicionais no futuro em razão do colapso da companhia aérea Avianca Brasil.

BRF ON caiu 4,2%, mesmo após lucro líquido de R$ 446 milhões nas operações continuadas no terceiro trimestre, revertendo prejuízo de R$ 860 milhões um ano antes, em meio a efeitos tributários e queda sequencial em margens. Em teleconferência, executivos da companhia afirmaram que estão olhando para o quarto trimestre com otimismo em termos da demanda por alimentos no Brasil.

AZUL PN e GOL PN recuaram 3% e 4,5%, respectivamente, afetadas pela valorização do dólar ante o real, com a cotação à vista acima de R$ 4,15.

VALE ON recuou 1,86%, em dia de queda do preço do minério de ferro na China.

BR DISTRIBUIDORA ON subiu 1,71%, na esteira de anúncio de programa de desligamento voluntário que trará redução estimada de despesas de cerca de R$ 650 milhões anuais.

PETROBRAS PN recuou 2,85%, após alta na véspera, mas afastando-se das mínimas conforme o petróleo melhorou no exterior. PETROBRAS ON cedeu 1,61%.

BRADESCO PN caiu 2,89% e ITAÚ UNIBANCO PN perdeu 1,49%, pressionando o Ibovespa dado o peso relevante que ambos detêm na composição do índice.

Copyright © Thomson Reuters.