Rodrygo e Vinicius Jr são titulares juntos no Real Madrid pela primeira vez – UOL

dezembro 7, 2019 0 Por jonatas

O Real Madrid derrotou o Espanyol por 2 a 0 hoje (7) de manhã, pela 16ª rodada do Campeonato Espanhol, e pulou para a liderança da tabela de classificação – veja aqui como foi a partida lance a lance. Os gols foram marcados por Varane e Benzema, mas o assunto mais comentado sobre o jogo em transmissões e comentários da internet foi a estreia da dupla brasileira Rodrygo e Vinicius Júnior como titular. Foi a primeira vez em que isso ocorreu desde a estreia do primeiro deles pelo clube, em setembro.

Rodrygo e Vinicius Júnior melhoraram seus números quando atuam lado a lado pelo Real Madrid: agora são três vitórias, um empate e somente uma derrota, com cinco gols marcados e apenas um sofrido pela equipe. O ex-santista havia sido titular pela última vez no último dia 23, na vitória por 3 a 1 sobre o Real Sociedad. Já o ex-jogador do Flamengo não entrava nos 11 iniciais desde a derrota para o Mallorca, ainda em outubro.

Em campo contra o Espanyol, a dupla brasileira não fez gols ou deu assistência. Vinicius Júnior esteve melhor: ele criou uma chance aos seis minutos do primeiro tempo, quando arrancou pela esquerda, saiu de três marcadores, cortou para o meio e bateu de direita. O goleiro defendeu e Valverde chutou o rebote para fora. Ele também contribuiu com tabelas com Benzema e jogadas de habilidade pela linha de fundo do lado esquerdo, mas chamou mais atenção pelo cartão amarelo recebido aos 17, quando dividiu com David López e correu risco de expulsão minutos depois, em jogada contra o mesmo oponente.

Rodrygo já soma dez partidas pelo clube, desde setembro

Imagem: Pierre-Philippe Marcou/AFP

Ainda no primeiro tempo, finalizou quase na linha de fundo após contra-ataque puxado por Benzema e passou perto de marcar. Já Rodrygo teve atuação mais discreta. Como o Real Madrid jogou mais penso pelo lado esquerdo, o brasileiro recém-contratado teve pouco a bola no pé para criar pela direita. Ele teve uma chance aos 12 minutos, após escanteio batido pela esquerda em que a zaga cortou e ele finalizou da entrada da área, mas a bola saiu pela direita. Ele também provocou um cartão amarelo de Fernando Calero na etapa complementar.

A dupla brasileira foi substituída aos 40 minutos do segundo tempo, por Brahim Diaz e o compatriota Eder Militão.